Publicado em 21/12/2018

Cuidados contra o VIH: Conhecimentos locais ao serviço das populações-chave na África Ocidental

Na África Ocidental e Central (WCA), existe uma disponibilidade gradual de dados sobre a dimensão e natureza da epidemia do VIH entre as populações-chave. Com efeito, estão a ser criados serviços para populações-chave, graças a programas apoiados pelo Fundo Global e parceiros internacionais e ao empenho dos actores da sociedade civil.

Contudo, o ambiente jurídico e social permanece repressivo e o progresso no acesso a testes e cuidados é ainda demasiado baixo para atingir os ambiciosos objectivos de 90,90,90 até 2020.

Neste contexto, a análise das notas conceptuais apresentadas pelos países africanos francófonos ao Fundo Global mostra que as notas conceptuais são de particular interesse para os países em causa:

  • a falta de dados epidemiológicos e programáticos precisos sobre diferentes grupos populacionais chave,
  • o baixo número de programas de prevenção e de acesso a cuidados de saúde que realmente satisfazem as suas necessidades,
  • a falta de financiamento disponível para o reforço das capacidades das populações-chave,
  • o forte estigma e discriminação que muitas vezes limita o acesso das populações-chave aos serviços disponíveis.

ENDA Santé obteve financiamento da Iniciativa 5% (Expertise France) para a implementação de um projecto regional no Senegal, Guiné, Guiné Bissau e Costa do Marfim. Este projecto intitula-se: Perícia local ao serviço das populações-chave na África Ocidental: localização e capitalização da experiência para melhores cuidados de VIH entre as populações-chave.

Propõe-se desenvolver as capacidades dos actores envolvidos em programas de intervenção para populações-chave, e melhorar a qualidade destas intervenções. O projecto dirige-se a actores comunitários, locais e nacionais para que se apropriem e participem na expansão de actividades adaptadas às realidades e necessidades das diferentes populações-chave em cada um destes países. Neste sentido, teve lugar em Dakar, de 18 a 19 de Dezembro de 2018, um seminário de orientação com as organizações parceiras na implementação.

O objectivo do seminário era apresentar o projecto aos intervenientes envolvidos na implementação. A reunião recordou o processo de apresentação e validação do projecto, trocou com as partes interessadas sobre as orientações e actividades do projecto e definiu os próximos passos para o início do projecto a nível nacional.

Partilhar
Outros artigos que lhe possam interessar