Publicado em 04/01/2019

Greniers de l'enfant: Nioro du Rip e Kafrine acolhem uma missão de supervisão formativa

Através do seu projecto Lekk Faju, a Enda Santé criou comissões para gerir os celeiros das crianças.

Para avaliar as actividades realizadas por estes últimos, foi enviada uma missão de supervisão formativa a Nioro e Kafrine. De 20 a 25 de Novembro de 2018, tratou-se de especificar o papel dos celeiros na gestão comunitária da malnutrição, mas também de recordar os factores que a promovem.

As discussões centraram-se também no planeamento e implementação de demonstrações culinárias, bem como no estado de adiantamento da colecção, na rotina alimentar diária, nas partilhas diárias e na importância da água.
Os espigueiros em questão eram os de Nianghène, Dienghène, Keur Massamba Codou (Nioro) e Ségré Gata (Kaffrine).

Durante esta reunião, o responsável do projecto interpenc recordou o importante papel desempenhado pela Enda Santé, tanto para a agricultura biológica como para a nutrição. A valorização destas experiências contribuiu para a aquisição de financiamento da KAWOLOR (USAID) por um período de cinco anos, com uma fase de teste de 07 meses (Junho de 2018 até ao final de Dezembro de 2018).

Foram desenvolvidos diferentes temas durante as sessões de demonstração culinária, nomeadamente: vacinação, malária, malnutrição, consultas pré-natais e pesagem.
Cada demonstração culinária é baseada na diversificação alimentar e é acompanhada por uma palestra. Alguns temas como a partilha, o interesse da degustação no local, e a lavagem das mãos foram também objecto de uma conversa.

No final da missão de supervisão formativa, foi organizada uma reunião de síntese com a interpenc.

Partilhar